Se ainda não ouviu falar de Motion Graphics, continue a ler este post. Descubra que muito mais do que um conceito de design, você está prestes conhecer uma tendência que veio para ficar e transformar a forma como você se comunica com seus clientes e impacta a sua audiência.

Simplificando, Motion Graphics é a arte de transformar o design gráfico em algo animado, ou seja, fazer vídeos.

 

Sem dúvida uma das maiores tendências da produção audiovisual em todo o mundo.

 

Motion Graphics tem feito muito sucesso, pois consegue explicar conceitos e ideias de forma muito dinâmica e impactante, não importando se o contexto é de uma grande empresa ou de apenas uma única pessoa.

Essa técnica consegue gerar um visual enorme e em geral, representa uma opção muito mais vantajosa financeiramente do que outras alternativas de produções live action.

Apesar de ser uma forte tendência para 2019, Motion Graphics é um recurso quase tão antigo quanto o próprio cinema, pois os seus princípios baseiam-se nas técnicas usadas no final do século XIX por George Meliés no surgimento do cinema.

 

Os principais estilos de Motion Graphics

Existem diversos estilos de Motion Graphics e com a evolução tecnológica e o surgimento dos softwares a cada dia, mais novas técnicas e estilos estão a surgir. Conheça os principais e mais utilizados no mercado na atualidade.

 

3D

Este estilo trabalha com imagens em três dimensões, ou seja, aquelas que o olho humano consegue visualizar normalmente. Elas oferecem ao espectador a sensação de profundidade, além de contarem com movimentação de camera, o que traz ainda mais dinamismo para o vídeo.

Além disso, vídeos produzidos com este estilo trazem ainda mais status e autoridade, pois todo o espectador sabe que produções assim exigem mais tempo, recursos e tecnologia para serem realizadas.

 

Flat Design

Uma revolução em relação aos demais estilos. Aqui descarta-se tudo que não for extremamente necessário e o resultado é um estilo que apresenta elegância, inovação e modernidade.

O Flat Design foi tão importante para o mercado de animação, que outros estilos derivaram dessa revolução. São eles: Flat Design Long Shadow, Flat Design com Degradê, Flat Design Linhas Finas e Material Design.

 

Whiteboard Animation

Este é um estilo de Motion Graphics que se tem provado como um dos melhores meios de se passar uma informação com intuito instrutivo. Baseia-se num desenho a ser feito durante a mensagem o que gera um alto grau de atenção no expectador que deseja ver como a arte ficará ao final, enquanto faz ligações neurais com a mensagem que está a ser reproduzida.

Você mesmo já deve ter parado na rua ou em frente a um ecrã e ficado curioso ao ver um artista a desenhar ou a pintar algo.

 

Como usar Motion Graphic? 

Como dissemos, esta técnica está presente em praticamente todas as redes atuais e é útil para comunicar sobre qualquer assunto ou negócio. Abaixo, uma lista de temas que podem ser cobertos pela técnica:

  • Vídeos Institucionais;
  • Vídeos Explicativos;
  • Vídeo Marketing;
  • Vídeos Tutoriais;
  • Vídeos de Treinamento;
  • Propagandas;
  • Vídeos de Produtos;
  • Vídeos para Marketing de Conteúdo;
  • Videoclipes, entre muitos outros.

 

O Motion Graphics é tão difundido no mercado que ele é usado em conjunto com outras técnicas de animação como 2D, 3D, Chroma Key ou Tracking.

Portanto existem duas razões para acreditar que o Motion Graphics é uma grande tendência Produção Audiovisual em 2019:

  1. Motion Graphics é uma técnica de animação que não exige grandes investimentos comparados a outras técnicas audiovisuais
  2. A técnica é muito eficaz para se apresentar e explicar uma ideia rapidamente e de maneira efetiva, com base na famosa Teoria dos Dois Canais. Ela defende que ao transmitir informações ao mesmo tempo através de dois canais (oral e visual), atingimos um nível superior de aprendizagem e memória.

 

Muito bem, você escolheu o estilo ideal para o seu vídeo, fez o guião, produziu e renderizou, agora vem a grande pergunta: como fazer com que este vídeo alcance os resultados prometidos?

Você pode ter o melhor vídeo de todos, mas se não pensar na distribuição desse conteúdo, de nada terá adiantado.

 

As redes sociais são atualmente as melhores formas de compartilhar vídeos, pois além de oferecem os servidores e players para a reprodução, elas levam o seu conteúdo para milhões de pessoas.

É possível ainda, investir em conteúdo patrocinados e segmentar sua audiência de forma muito mais assertiva.

 

Lembre-se que atualmente os vídeos possuem um alcance 135% maior que as postagens comuns.

 

Mas não pense que ao apenas colocar os seus vídeos em todas as redes sociais possíveis vai trazer bons resultados para si ou para o seu negócio. É imprescindível que você tenha a estratégia correta para alcançar o seu público de forma correta.

O ditado que diz que qualidade é melhor que quantidade é real nesse aspeto, pois redes sociais a mais, mal administradas e sem conexão com o seu público, além de não trazerem mais seguidores, causam o efeito oposto, dando a impressão de abandono.

Aqui na S23 cuidamos com muito zelo das nossas redes sociais (Facebook) e (Instagram), aproveite e acompanhe-nos por lá.

Por fim, fica evidente que o processo de produção de vídeos em Motion Graphics é muito importante e em 2019 a sua relevância só deve subir ainda mais. Também deve ter percebido que ter atenção sobre qual o estilo e formato adequado para o seu vídeo vai influenciar muito o tempo de produção e o seu custo final e que os objetivos estipulados para o seu vídeo vão definir quais serão as redes sociais em que deve publicar seu conteúdo. Afinal, de nada serve uma grande produção se sua audiência não está lá para assisti-la.

Se você gostou deste artigo, compartilhe com as outras pessoas. Até ao próximo post!